quarta-feira, 11 de outubro de 2017

First post from Brazil!

dizendo adeus a NY
Oi pessoal! Volteeeei! haha 
Na real, voltei a 2 semanas, pra ser exata. Nessa hora eu estava no aeroporto esperando pelo meu voô rumo à São Paulo. Não sei se quem me acompanha lembra, mas eu morava na Paraíba antes de ser Au Pair, na minha cidade natal, Esperança. Mas como eu decidi voltar para SP - minha cidade de criação - eu resolvi passar na PB antes de voltar de vez. 

Cheguei em Guarulhos as 8:00 am do dia 28/09 e peguei meu vôo para João Pessoa as 11:20 am. Cheguei em João Pessoa as 3:00 pm, e um tio com duas tias e minha prima foram me pegar. No meio do caminho, paramos para eu comer a minha primeira tapioca em 2 anos <3 E por volta das 5:30 pm eu cheguei em Esperança. Foram quase 24 horas de viagem mas deu tudo certo, graças a Deus. 

reencontrando a família <3 

Ainda no dia que eu cheguei, visitei meus avós e mais tias. Foi bom reencontrar todo mundo, e alguns amigos meus vieram me ver. 

palestrando sobre os EUA haha 
No dia seguinte, fiz uma coisa que eu estava bem necessitada: cortei os cabelos! Dois anos cortando meu próprio cabelo por causa da qualidade do serviço nos EUA, não foi fácil. 

Visitei o CNA que eu costumava dar aulas, conversei com alguns alunos e aproveitei para partilhar um pouco da minha experiência como Au Pair e nos EUA em si. No fim de semana seguinte eu fui pra João Pessoa rever umas amigas da faculdade. 




aproveitando o sol :)


o melhor do brasill <3 
Já comi muuuuito feijão com arroz. Nos primeiros dias comer comida de verdade no almoço me deixou meio fraca (dava um sooono haha) mas agora já me acostumei. Já comi muito pão francês, tomei café de verdade, comi frango, carne de panela, tapioca e etc. E claro, a maravilhosa pizza de frango com catupiry e a de brigadeiro! 

Sobre voltar ao Brasil: eu achei que eu teria um choque cultural muito maior do que eu realmente estou tendo. Foi como vir pra visitar (talvez porque eu ainda não estou no meu destino final). A violência é claro que ainda está grande, não dá pra dar bobeira - nem em cidade de interior. Mas ao mesmo tempo, é como a gente já é acostumado. Eu ainda não tive uma homesick de lá, mas sempre sinto saudades da minha host family. É impossível não sentir. 

Sobre o destino do blog: eu ainda não decidi o que eu vou fazer, se vou continuar postando sobre viagens no Brasil/EUA, se vou parar de vez. Mas assim que eu decidir eu vou postar aqui. O blog foi meu diário sobre o meu processo e eu amo reler os primeiros posts, de escolha de agencia, família e etc. Pra quem está iniciando o processo eu só digo que aproveitem MUITO porque o tempo voa e quando você perceber, você vai estar no avião voltando pro Brasil. 

Beijos e até o próximo post! :)

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Último post nos EUA!

Oi pessoal! Estou escrevendo esse post apenas 2 dias antes de embarcar de volta pro Brasil. Tá sendo bem surreal imaginar estar de volta, principalmente porque eu passei dois anos sem ir ou ver alguém da minha família. Apesar da saudade, a gente meio que acostuma a sentir falta. Talvez não todo mundo, mas comigo foi assim. 

E como eu comentei aqui no último post, meu último dia com a Host Family foi dia 31/08, mas fiquei no meu Travel Month (mês dado pelo governo americano "a mais" para estudantes de intercâmbio). Durante esse mês fiz altos nadas e muita coisa. 

- Visitei a "Smogasburg", uma feira gastronômica super cool em Williamsburg, no Brooklyn. Comi um cachorro-quente da Colombia e tomei um suquinho diferente. Não sou muito de experimentar coisas novas e a coisa que eu mais queria comer (um waffle com nutella e sorvete) tava com uma fila gigantesca então deixei pra lá. 

Vista de Manhattan pelo Brooklyn

- Nesse mesmo dia jantei na Little Italy, em NYC. Eu nunca tinha realmente feito uma refeição em nenhum daqueles restaurantes 100% italianos, e tive que ter essa experiência. 

- Visitei o Washington Square Park e o Brooklyn pela última vez com umas amigas. Como estávamos no distrito financeiro de NYC, descobrimos que tinha um ferry que nos levaria ao Brooklyn por apenas $2,75. Pegamos o ferry, tiramos altas fotos e seguimos pro Dumbo, melhor bairro no Brooklyn <3. Tirei mais fotos na ponte (finalmente as melhores) e depois sentamos entre as pontes do Brooklyn e Washington pra ver o pôr-do-sol. Foi a última vez que eu vi a Ana Flávia, já que no meu último fim de semana ela estaria em Seattle. :/ 

no ferry sendo ryca

ponte do Brooklyn <3

melhor foto

aquele por-do-sol

com a Ciça e a Ana

com a Malu no BR Day 
- Fui ao brazilian day! Não sou fã de ir a shows com gente que eu nem gosto, mas fui pra ver a Malu, minha conterrânea lá de Esperança, PB que chegou aqui em Janeiro e mora em Maryland. Nunca nos encontramos aqui então era agora ou nunca! 

no jogo dos Yankees!
- Fui a meu último jogo de baseball, dessa vez no estádio dos Yankees! Eu prefiro os Yankees, então fiquei mais animada do que no outro jogo que eu fui. Hoje eu entendo o jogo um pouco melhor, então é até mais divertido - mas ainda é bem parado e eu morro de dó dos jogadores em pé por tanto tempo hahahaha. 

- Visitei Sleepy Hollow, NY. É uma cidade conhecida por aparecer no conto do Cavaleiro sem-cabeça escrita por Washington Irving nos EUA colonial. Estudei o conto na faculdade e sempre quis ir em Sleepy Hollow (que fica no condado de Westchester, onde eu morava com a Host Family) e usei um domingo pra visitar o famoso cemitério onde Irving foi enterrado. Foi bem legal ver os lugares que aparecem no conto - que nem é tão assustador assim haha. E a cidade fica bem movimentada agora, já que é quase Halloween. Pena que eu não vou estar aqui pro Halloween de verdade. Mas peguei um souvenir pra dizer que visitei a pequena cidade :)

Em frente à cova do Irving


meu imã de Sleepy Hollow <3 
eu sendo rainha

- Realizei a minha despedida com um piquenique no Bryant Park. Minhas amigas brasileiras super toparam e juntamos muita comida durante as 3 horas que eu passei por lá. A Liv me deu uma coroa porque eu sou a rainha dos EUA né mores HAHAHA brincadeira. Mas ela me deu a coroa e uns balões verde e amarelo (que explodiram antes das fotos). Foi uma tarde bem legal mas dizer tchau e ver elas planejando o que farão no Natal/Ano novo foi bem dolorido. Mas essa é a vida do intercambista, né?

"se acabamo" nos donuts




foto oficial antes de todo mundo chegar
foto oficial com todo mundo que foi <3 
Eu viajo real oficial na quarta, as 7:30 pm num voo da Latam. Chego em GRU pela manhã da quinta (voo de 10 horas é de matar) e passo 2 horas por GRU antes de embarcar pra João Pessoa, PB pra poder ir pra minha cidade ver a família toda. Claro que vou fazer o "primeiro post from Brazil" e nao sei sobre o que eu vou continuar escrevendo daqui pra lá, mas não quero parar com o blog. Vamos ver o que a vida nos reserva daqui pra lá, né? Beijos e até o Brasil! <3 

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Sobre Julho e Agosto - e sobre meu último dia como Au Pair!

My 25th! 
Oi pessoal! Sei que to demorando bastante pra atualizar o blog por esses dias, e na verdade meu programa de Au Pair já chegou ao fim. Hoje eu to escrevendo direto do meu Travel Month (simm, ainda estou nos EUA). Mas vou escrever certinho sobre como foram meus dias em Julho e Agosto. 

 Cheguei de Seattle dia 07/07. Já cheguei cuidando dos meus queridos e maravilhosos puppies. Cuidei apenas deles durante o summer, já que as minhas kids estavam no camp durante o mês todo. Foi legal ter um tempo pra mim, mas ao mesmo tempo percebi o como eu estava cansada. 

Meu aniversário foi dia 15/07 mas eu comemorei no dia 14. Mais uma vez fiz a festa na casa dos meus hostos (que viajaram pro Colorado). Convidei as amigas de Long Island - que já não moram mais lá e as de Larchmont e arredores. Foi uma festa ótima e mais animada do que a do ano passado haha.


muito amor <3


Meu fofo comprou um barco (acho que eu falei disso em algum post aqui). E durante o mês eu tive a oportunidade de andar bastante de barco (com os cachorrinhos <3) e até dirigi o barco um pouco. A viagem mais legal foi quando demos a volta em Manhattan, quando a irmã do fofo estava com a gente. Eu já tinha andado de barco por ali, mas nunca dei a volta na ilha de Manhattan e foi uma experiência única. 



kiddos no camp
Visitei as kids no camp e cantamos parabéns pra mim. Como meus fofos não estavam no fds do meu aniversário, eles resolveram esperar a semana passar pra comemorarmos com as kids no camp. E foi muito legal, principalmente pq foi a única vez que eles comemoraram comigo, já que ano passado eles também estavam no camp. 

Em um dos fins de semana de Agosto fui no brunch do Le Souk mais uma vez, dessa vez com a Ciça e a Liv (a Sarah é a promoter haha). Nos divertimos a beça na festa e depois fomos pro Washington Square Park bagunçar hahah.




Eu vi o Eclipse! Meu fofo levou a família toda pra vermos o Eclipse do meio da baía de Long Island. Foi bem legal mas aqui não foi ponto de totalidade, então nem ficou muito escuro. 


Vista de NYC onde jantamos
No fim de Agosto, tudo foi bem agitado e com ar de tristeza (da minha parte haha). Meus fofos escolheram a nova au pair (Camila, do Brasil tbm) em Julho e as kids chegaram do camp no meio de Agosto.

Meus fofos me levaram pra jantar em um restaurante Koreano na city, na minha última semana. Não vou postar fotos deles por motivos de privacidade, mas vou postar foto da vista e do presente que eles me deram. Eles também me deram um travesseiro com uma foto minha com as kids e minha com a família toda, dizendo "We <3 Nuara" e uma quantia em $. Foi bem legal mas triste também :/ 

Meu presente <3 - os pingentes representam os dogs, a big apple (NYC), o BR e meu amor pela HF <3 

último amanhecer na casa dos hosts 
Eu tentei aproveita-los o máximo que eu pude, mas o ultimo dia foi bem triste. Eu acordei cedinho (a Gabby tinha dormido comigo, nosso último sleepover :/) e já comecei a arrumar coisas. Deixei meu quarto bem limpinho e depois fui cuidar de make sure que as coisas das kids estavam todas nos seus devidos lugares e etc. Tive um grande ataque de choro ao dirigir meu carro (meu companheiro de aventuras :'/) pela última vez. Jantei com eles, terminei com as kids - banho e etc. Esperei pela minha fofa chegar e então era hora de ir embora. Eu fui firme, até que tive que me despedir dos meus cachorrinhos :/ dai chorei o tempo inteiro. O dia depois que eu saí de lá foi bem estranho, muito esquisito terminar a vida de Au Pair. A gente sabe que um dia acaba, mas não imagina que vai doer tanto quando acabar. 

Eu ainda to por aqui - até ajudei a treinar a nova au pair - mas na contagem regressiva pra voltar pro Brasil. É esquisito pensar que isso não será mais a minha vida em apenas alguns dias, que tudo vai parecer apenas um sonho bom. Mas as memórias ficarão guardadas no coração pra sempre - assim como as mudanças pelas quais eu passei. 

O próximo post será sobre meus últimos dias nos EUA e, claro, primeiros dias de volta ao Brasil. Beijos e até o próximo post!

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Seattle, WA!

Oi pessoal! Sei que eu to postando com um intervalo enorme essas partes das minhas férias, mas esses últimos dois meses foram uma loucura - e a preguiça também bateu, porque eu sabia que tinha muito que contar haha. Mas bem, vamos seguir para os meus relatos sobre Seattle, a cidade do Grunge. 

Primeiro quero ressaltar que o post não tem #ROADTRIP no título porque eu e a Nati voamos pra Seattle. Pegamos o voo saindo de Vegas no dia 07/07 e chegamos em Seattle around 12:00 pm. Pegamos o trem em direção à Chinatown, e passamos o dia no hostel. Ficamos no Hostelling International e achei até bonzinho, mas a cama poderia ser mais confortável. No Sábado foi quando saímos mesmo pra turistar.

Começamos o dia indo na Space Needle. Compramos nosso ingresso pra admissão antes das 9:30 am e tivemos desconto. Recomendo ir nesse horário pois não há muita fila e é fácil de ir e tirar as suas fotos. Tiramos bastante foto lá em cima - o layout me lembrou bastante a CN Tower de Toronto - e o dia tava lindo. Passamos mais ou menos uma meia hora por lá, descemos e demos uma volta na lojinha. Como eu queria algum souvenir dizendo SEATTLE e não Space Needle, nem comprei nada. AH, e lá toca bastante Nirvana haha. 








Seguimos em direcao ao Pike Place Market, a feira mais famosa de Seattle. (DICA: Comprem o passe de um dia junto com o cartão do transporte, vale mais a pena do que pagar por viagem! É uns $8 e voce usa o dia todo). O mercado é super cheio mas super legal! Tem lugares pra comer, lojinhas e claro, lugar pra comprar verdura e peixe fresco haha. 

De lá, encontramos com a Esther (que viajou comigo pra DC) e uma amiga dela. A Nati e eu estávamos com muita fome então claro que paramos no primeiro Mc Donald's que vimos. O Market fica numa região bem central, perto da Gum Wall (parede de chiclete), que foi a nossa próxima parada. Colocamos o nosso chiclete lá, tiramos uma foto e seguimos para o Pier. Tiramos fotos em frente à roda gigante (onde encontramos outros brasileiros perdidos por lá. Eu sempre digo que brasileiros ainda vão dominar o mundo). De lá, pegamos o ferry para ver a skyline de Seattle e o Mount Rainer ao fundo. É um passeio que super vale a pena também, mas recomendaria mais no verão porque venta muito. 

Gum Wall



No Ferry 

Skyline de Seattle 





Minha única foto decente na primeira Starbucks
Ao voltarmos pro pier, eu e a Nati nos despedimos da Esther e da Camila e seguimos para a primeira Starbucks. Chegando lá, passam por nós um monte de gente pelada pedalando protestando por alguma coisa, mas eu não conseguia conter a minha surpresa, já que nunca vi tanta gente pelada de uma vez e NO MEIO DA RUA! Dai ao chegarmos na porta da Starbucks uma decepção: uma fila gigantesca só pra entrar e comprar um café que eu encontro em qualquer outra Starbucks! 


Então só tiramos uma foto e seguimos viagem para o Kerry Park pra tirar aquela foto clássica de Seattle. Foi bem facinho chegar lá (de busão) mas o parque é bem decepcionante. Tá mais pra uma pracinha haha. Mas pelo menos as fotos ficaram lindas! E foi assim que terminamos o primeiro dia. 


repara na diferença da foto do iPhone 7 

No parque 
No domingo, quisemos dormir um pouco mais e ter um dia mais light. Como já era o finzinho das nossas férias, estávamos bem cansadas e querendo voltar pra casa. Por fim, decidimos ir passear em um parque. Decidimos ir ao Green Park, que me lembrou bastante o Ibirapuera em SP. Achei super lindo, mas como a gente tava bem cansada, passamos apenas algumas horas lá e voltamos pro Hostel. 




Na segunda, foi o dia de voltar pra casa. Nos despedimos uma da outra no aeroporto (o voo da Nati era mais cedo que o meu, foi a última vez que eu a vi :/). E depois disso eu fiquei forever alone lá até as 9:00, que foi a hora do meu voo. Cheguei em NY as 6:00 am e segui diretinho pra casa pra ir cuidar dos puppies queridos do meu <3. 

Bom, espero que voces tenham gostado dos posts sobre as férias. Os posts nao conseguem explicar tudo porque né, muita coisa aconteceu também, mas pelo menos relatei aqui minhas aventuras para a posteiridade. Beijos e até o próximo post!